• Operação Resgate Brasil

Histórias de luta e esperança na cidade de Patos-PB

A Operação Resgate, em Patos, atua no bairro Nova Conquista (popularmente conhecido como Mutirão), que está localizado em uma área à margem da cidade. São diversas as famílias em situação de vulnerabilidade social que residem na região, enfrentando regularmente dificuldades econômicas, de acesso à saúde, educação, transporte e tantas outras.

Constantemente estamos engajados em projetos que buscam sanar as necessidades mais urgentes daqueles que precisam do nosso apoio.

Nosso centro acolhe diariamente diversas crianças, ofertando atividades de entretenimento e lazer, mas focando principalmente no apoio educacional, servindo de ponte entre o aluno e a escola, e reforçando os aprendizados obtidos através do ensino regular. Buscamos também trazer as crianças e suas famílias para uma vida de fé, ensinando a Palavra e demonstrando o poder que o reforço espiritual manifesta em nossas vidas.

No entanto, desde o início do ano, com o período de isolamento social, fomos forçados pelas circunstâncias a suspender as nossas atividades presenciais, pois precisávamos lidar com uma questão ainda mais urgente e assustadora: a pandemia do coronavírus.

Nossas recentes campanhas emergenciais foram, então, pensadas para fornecer à população instruções e equipamentos que lhes assegurassem prevenção às infecções, em resposta ao Covid19. Elas tem sido realizadas através da produção de máscaras, oferecendo instruções sobre cuidados e medidas de proteção, doando alimentos e itens básicos para o uso cotidiano.

Nessa semana, saímos pelas ruas do nosso bairro para garantir que os cuidados continuem sendo mantidos e aproveitamos para entrevistar algumas pessoas que são diretamente assistidas pelo nosso projeto. Trouxemos suas histórias para compartilhar em um misto de alegria, gratidão e urgência. Confiram conosco!

Pâmela, 27 anos


Beatriz é uma maravilhosa criança de seis anos de idade que frequenta a Operação Resgate desde os quatro anos. Sua mãe, Pâmela, natural de São Paulo, mudou-se para cá ainda muito nova e, infelizmente, teve uma infância bastante conturbada, vivenciando de perto os terríveis impactos da violência doméstica. Seu pai era um agressor.


Ainda muito nova, aos doze anos, Pâmela conheceu o seu atual marido e pai de Beatriz, e logo passou a conviver com ele.

Ela relata que o desenvolvimento da sua filha, desde quando começou a frequentar o nosso centro, tem sido surpreendente. Beatriz participa de diversas oficinas e sua atividade favorita é o ballet.

Com o início da pandemia a situação ficou bem complicada. Pâmela, que revende cosméticos em sua residência, sentiu um grande abalo nas suas vendas e o seu marido, que trabalha como servente de pedreiro, teve a maioria de seus serviços pausados. Atualmente eles estão sobrevivendo de pequenos trabalhos pontuais e a renda da família está bastante instável.

Pâmela ainda relatou, por fim, sua insatisfação com a (des)assistência oferecida pelo poder público da cidade, que aparenta tratar o bairro com grande descaso e não apresenta políticas estruturadas para a melhoria dos diversos problemas enfrentados na localidade, como questões de saneamento, geração de emprego e renda, criminalidade, etc.

“Sempre gostei da Operação, sempre defendo a Operação. Gosto demais de Marciano e não tenho palavras para comentar sobre tudo o que ele fez por esse bairro.”

Francisca Lira, 54 anos


Natural de Santa Teresinha, dona Francisca passou a maior parte da sua vida morando no sítio, mas viu-se obrigada a residir na cidade quando precisou iniciar um tratamento contra o câncer, alguns anos atrás. Mãe de quatro filhos e avó de Ana Lívia, que frequenta a Operação Resgate, ela relata o quão a sua vida e de seus filhos teriam sido diferentes se existisse uma instituição com os preceitos e projetos da ORE.

“A educação oferecida e a forma como as crianças são acolhidas na Operação é incrível. Uma verdadeira bênção. Não tenho o que dizer sobre os funcionários, a equipe em si, são excelentes.”

Dona Francisca relatou o quão as campanhas de doação de feiras e refeições têm sido importantes como um apoio às famílias nessa crise que está instalada na sociedade e que os afeto em uma magnitude, possivelmente, ainda maior.



Em breve contaremos muitas outras histórias que nos inspiram e nos motivam a continuar um trabalho tão necessário, belo e gratificante. Faça também a sua contribuição e auxilie diversas famílias e crianças em situação de extrema vulnerabilidade social!


2 visualizações

Contato: 

Rua Rosa Maria Sales, s.n., quadra 9, lote 36.

Bairro Nova Conquista - CEP  58708-215

Patos/PB -Brasil

oresgate_brasil@operationrescue.ch
Whats: +55 (83) 99677-6381

Contato: 

Rua Costeira, 563.

Bairro Jardim Arize - CEP  03573-010 

São Paulo/SP – Brasil

oresgate_brasil@operationrescue.ch
Tel.: +55 (11) 2724-6498

© 2017