FUNDADORES

Christina e Marciano Teixeira

     Quando Christina e Marciano Teixeira foram pela primeira vez à Etiópia em 1997 para ajudar crianças pobres, Marciano trabalhava em um lar para meninos e Christina estava ocupada com seus dois meninos em casa. Marciano muitas vezes não concordava com o conceito de orfanato e Christina se confrontava diariamente com a pobreza das crianças de rua, que vinham pedir esmolas à sua janela, ou as que ela encontrava no lixão procurando comida. Eles começaram a cuidar dessas crianças dando-lhes comida, encontrando roupas novas para elas, lavando-as, cortando seus cabelos etc. O que começou ajudando um punhado de crianças em casa cresceu e cresceu até que em 2000 a OPERAÇÃO RESGATE ETIÓPIA foi fundada. 

      O governo etíope reconheceu o projeto de assistência à infância em 2001. Hoje, o projeto, situado em Mekelle, nordeste da Etiópia, tem 500 crianças. Outros dois centros de projeto com quase 200 crianças foram abertos em Adigrat e Adwa, cidades ao norte de Mekelle, na região fronteiriça da Eritreia.

         Os Texeiras tinham o desejo de que o projeto fosse liderado por um etíope algum dia, e queriam que fosse um projeto etíope em vez de algum tipo de centro suíço no meio da Etiópia. Claro que há sinais de influência ocidental, como a elevação do padrão de higiene, escritório de segurança, etc. Em 2003, Getachew tornou-se gerente da ORE (OPERAÇÃO RESGATE ETIÓPIA). Ele e sua equipe continuam a executar o projeto, que agora está em seu vigésimo segundo ano. Marciano Texeira continua a apoiar o trabalho e visita o centro de atividades regularmente.

     Em 2004 foi fundada a organização de caridade “ORE Switzerland”. Seus membros são voluntários que administram esquemas de patrocínio, finanças e captação de recursos. Em 2005, a família Teixeira mudou-se para o Brasil, país de origem de Marciano. Três anos depois eles fundaram a “OPERAÇÃO RESGATE BRASIL” e abriram um novo projeto em Patos/Paraíba em agosto de 2008, atendendo agora 300 crianças. Christina e Marciano voltaram para a Suíça em 2011 e agora uma brasileira, tornou-se gerente do projeto inicial do Brasil e já temos outro centro de atividades também em Americana/São Paulo.

         Seguimos expandindo nosso alcance e chegamos à Índia e Moçambique recentemente.

         Marciano e Christina Teixeira seguem ativos como coordenadores gerais do projeto a nível mundial e visitam todos os anos os centros de atividades, orientando os líderes e gestores locais para que haja crescimento e mantenha-se o padrão de qualidade desejado. Nossa meta de impacto sempre aumenta e é atingida, graças à cooperação e apoio de todos.

BRASIL

CONHEÇA ALGUNS APOIADORES

Estamos atualizando o website