• Operação Resgate Brasil

2021



Narrar um dos anos mais desafiadores da nossa história é uma forma de guardar a experiência e levar conosco os aprendizados. 2021 foi o ano que já iniciou em momento pandêmico, com agravamento de casos em nosso país, mas com o início da vacinação em massa. Em 2021 as pessoas mais pobres foram as principais afetadas pelo aumento do preço do alimento, do transporte/locomoção, do gás. E se pudermos resumir, o maior desafio de 2021 foi à sobrevivência coletiva.

Num ano que já começou atormentado pela pandemia de Covid-19, nossa maior provocação era o de como ser um braço direito para nossas famílias e crianças.

Se a fome se fazia presente, nossa meta era fornecer alimentos, se a educação estava em cheque, nos esforçamos para dar reforço e intercalar nossas atividades. Assim como no ano anterior, nos desafiamos a reconstruir a forma com que a nossa organização iria caminhar em decorrência das novas normas sociais estabelecidas.

Logo no início do ano retornamos algumas atividades lúdicas e educativas de forma escalada. Nossas famílias nos pediam muito esse tipo de retorno para que seus filhos pudessem construir uma rotina, estudar de forma mais ativa e retomar uma sociabilidade de forma cuidadosa. Outra ação que marcou nosso ano foi a da solidariedade. Construímos uma campanha voltada à arrecadação de alimentos, de máscaras e de produtos de higiene para doar a nossa comunidade.

A maior parte dos cestas produzidas foram entregues para as mães solos de nosso território e para famílias que estavam enfrentando o desemprego e a fome extrema. Fizemos nosso mapeamento e seguimos durante todo o ano contando com novas parcerias que nos ajudaram a incrementar as cestas solidárias.

Nosso ano foi de enfrentamento a diversos problemas de ordem social e econômica que se expressaram de forma mais agravante em nossa comunidade. No entanto, construímos um ano também cheio de alegrias, de lazer, de diversão e de muita fé e esperança. Tivemos passeios com as crianças, apresentações de Ballet, muitos treinos das nossas práticas esportivas, dia de lazer com pipoca e algodão doce, dia de diversão com brincadeiras e jogos, dias de devocional com músicas, encontro com as mães e pais, debates com especialistas e muito mais.

Em 2021 o desafio foi o de transformar a realidade em esperança para um mundo novo e só conseguimos caminhar graças aos vários braços que nos abraçaram e que se fizeram coletivos co